segunda-feira, 7 de março de 2011

2 Quando alguém se machuca dentro de nós.



Será frio, será ausência , será só lembrança
e se for, e se esforçar no amais pra requentar nossa dança

Teu chão, meu céu ,
me disfarço em versos no papel
Não abrindo a porta eu pulo o muro. Pulo da pedra mais alta.

Chego voando pra te visitar, talvez por engano eu venha te beijar
mudo o meu plano pra não te machucar , to aqui soprano porque alumia meu cantar.

Será paz ? será paciência?
e se a dor, e se adormecer de mais pra levantar mais criança.
Nossa festa ainda vai começar , se me inspira pra eu te respirar,
Respirar em poesia que não acaba . Acabo de pular da Pedra.

Quando começar o frio dentro de nós.
tudo em volta parece tão quieto.
tudo em volta não parece perto.

Quando o tempo não passar dentro de nos
cada hora é como uma semana
cada carta que eu nunca recebo e sempre um motivo pra lembrar
Estou tão perto de você.
Vida amarga como é doce a dor , da palavra dita de tão longe.

Quando alguém se machucar dentro de nos ,
toda culpa parece resposta ,
nossa busca não parece nossa,
nosso dia não tem mais festa, não apresse o dia a passar.

Não apague as coisas do meu peito , mais me faça acreditar que
Estou tão perto de você.


(Fernando Anitelli)

2 comentários:

  1. eu peguei duas canções maravilhosas dele e transformei em um texto , encantador *-*

    ResponderExcluir

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...